Último teste

Paraná Clube vence (2x1) jogo-treino diante do Operário, em Ponta Grossa
Tricolor foi eficiente e não deu espaço ao adverário.
Foto: Bianca Machado/OFEC

“O resultado não é o mais importante. Mas, o teste foi muito bom. Abriu novas perspectivas e conseguimos confirmar algumas ideias que já vínhamos amadurecendo ao longo dos treinamentos”. Foi desta forma que o técnico Dado Cavalcanti analisou o desempenho do Paraná Clube nesta segunda-feira (04), em jogo-treino diante do Operário, em Ponta Grossa. O treinador utilizou todo o grupo, lançou mão de equipes distintas em cada uma das etapas, e o Tricolor venceu por 2x1.

“É claro que gosto da vitória, sempre. Mas, minha observação maior foi no desempenho da equipe e dos atletas e, com as duas formações, o rendimento foi satisfatório”. Dado Cavalcanti escalou, no primeiro tempo, a seguinte equipe: Alisson; Luiz Otávio, Rodolfo, Leandro Almeida e Guilherme Santos; Jeferson Lima, Itaqui e Alesson; Andrey, Jenison e Caio Rangel. Além dos atletas entregues ao Departamento Médico, Éder Sciola, Fernando Timbó e Fernando Neto, foram poupados do treinamento.

O Paraná havia criado duas boas jogadas ofensivas, com Alesson e Jenison, quando o Operário abriu o placar. Lucas Batatinha cobrou pênalti e fez 1x0, aos 27. Caio Rangel, em um tiro cruzado, quase empatou. Mas, o gol veio em uma jogada trabalhada pela esquerda, onde Guilherme Santos tabelou com Alesson, recebeu na área e bateu pra rede: 1x1, aos 36 minutos.

Na etapa final, Dado trocou praticamente toda a equipe. O Paraná jogou com Alisson; Luiz Otávio (Gabriel Pires), Eduardo Baurmann, Matheus Lopes (Leandro Almeida) e Juninho; Kadu, Jhonny Lucas e Higor Leite; Alejandro Márquez, Jean Lucas e Maicosuel. O Tricolor mostrou boa dinâmica e variações de jogadas pelos flancos. E foi assim que chegou ao segundo gol.

Na escapada de Jhonny Lucas, pela direita, Serginho Paulista interceptou o cruzamento com a mão. Pênalti, que Higor Leite cobrou com categoria: 2x1, aos 27 minutos. Com a vantagem, o Tricolor ainda desperdiçou pelo menos duas boas situações de contra-ataque. O jogo-treino teve a arbitragem de André Felipe Olivério e foi o último teste de campo do Paraná antes da largada do returno. No próximo sábado (09), o Tricolor recebe o FC Cascavel, às 16h, na Vila Capanema.

 

Departamento de Comunicação - PRC