Faltou concentração

Text Resize

-A +A
Paraná desperdiça a chance de encaminhar o acesso: 0x0 com o Santa Cruz
Tricolor foi pouco criativo e nem a bola parada funcionou.
Rodrigo Baltar / Santa Cruz

O Paraná Clube não conseguiu se impôr diante do Santa Cruz-PE. Num jogo morno e sem grandes oportunidades de gol, os tricolores paranaense e pernambucano ficaram no 0x0, no Arruda. O time do técnico Matheus Costa segue no G4 do Campeonato Brasileiro da Série B, agora com 2 pontos de vantagem sobre o Londrina, que assumiu a 5ª colocação. Pode até subir na próxima rodada, mas para isso terá que vencer o CRB-AL e torcer por tropeços de Londrina e Oeste.

Apesar de todos os cuidados da comissão técnica, no sentido de manter o grupo motivado diante de um adversário que até ameaçou não entrar em campo. Porém, com o Arruda praticamente vazio, o Paraná não soube sair da armadilha. Repetindo a mesma formação do jogo passado, o Tricolor pouco perigo levava ao goleiro Júlio César. Aos 18 minutos, Robson recebeu Vinícius Kiss e rolou para ninguém. Mais uma vez, aos 30 minutos, Robson exigiu uma boa defesa do goleiro do Santa.

Do outro lado, Ricardo Bueno, por duas vezes, se livrou da marcação e bateu para fora. Aos 37, na melhor oportunidade do primeiro tempo, Joã Paulo foi lançado e tocou por cima de Richard, mas André Luiz e Grafite chegaram atrasados. O desempenho fez com que Matheus Costa buscasse uma nova estratégia ofensiva no intervalo. Alemão entrou na vaga de João Pedro. Aos 4 minutos, o atacante recebeu de Robson, mas chutou fraco para a defesa de Júlio César.

Aos 11 minutos, em jogada de André Luiz, Richard salvou nos pés de Augusto. O jogo se arrastou até o apito final, sem grandes emoções. Nem mesmo a expulsão de João Paulo, aos 26 minutos, animou o Tricolor. O Paraná só chegou mesmo na bola parada. Em escanteio de Renatinho, o desvio na primeira trave foi defendido por Júlio César. E foi só. Agora é esperar os jogos contra CRB e Boa Esporte.

 

Santa Cruz 0x0 Paraná Clube

Santa Cruz: Júlio César; Derley, Anderson Salles, Sandro e Bruno Silva; Wellington Cézar, Primão (Marcílio), João Paulo e André Luiz (Natan); Grafite (Augusto) e Ricardo Bueno. Técnico: Marcelo Martelote.

Paraná: Richard; Cristovam, Maidana, Eduardo Brock e Rayan (Igor); Vinícius Kiss (Leandro Vilela), Gabriel Dias, João Pedro (Alemão) e Renatinho; Vitor Feijão e Robson. Técnico: Matheus Costa.

Local: Arruda (Recife-PE)

Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (Fifa-MG)

Assistentes: Guilherme Dias Camilo (Fifa-MG) e Sidmar dos Santos Meurer (MG)

Renda: R$ 4.330,00

Público pagante: 2.005

Cartões amarelos: Primão (Santa Cruz) e Vitor Feijão (Paraná)

Expulsão: João Paulo (Santa) aos 26’ do 2º tempo

 

Departamento de Comunicação - PRC