Brasil leva a melhor

Text Resize

-A +A
Em jogo de pouco futebol, Paraná Clube perde, mas segue no G4
Tricolor pouco criou e vitória faz o Brasil respirar na Série B.
Carlos Insaurriaga / GEB

Num jogo de muita briga e pouca técnica, o Paraná Clube perdeu para o Brasil-RS na noite desta terça-feira (07). No estádio Bento Freitas, em Pelotas, o time da casa fez 2x0. Apesar do revés, o Tricolor segue no G4 do Campeonato Brasileiro da Série B e depende apenas de suas forças para garantir o acesso à elite nacional. Restam somente quatro rodadas e o Oeste-SP igualou a pontuação, mas nos critérios de desempate o time do técnico Matheus Costa segue na frente.

Paraná e Oeste somam 56 pontos, mas o Tricolor tem duas vitórias a mais do que o clube paulista. No “funil” das últimas rodadas, Vila Nova-GO (53) e Londrina-PR (52) seguem na briga. Enquanto o Paraná entrou em campo para defender a sua posição no G4, o Brasil precisava do resultado para se afastar da zona do rebaixamento. O jogo foi tenso, repleto de faltas, reclamações e pouca bola rolando. Os lances de bola parada eram a única opção das equipes.

Aos 7 minutos, Rafinha fez Richard trabalhar. A reação do Paraná veio também na bola parada, aos 24. No levantamento de Renatinho, Maidana ficou com a sobra e rolou para Brock, que chutou, mas a zaga cortou. Pouco depois, Alemão, bem colocado, cortou o cabeceio perigoso de Éder Sciola. No final, Igor, de cabeça, quase marcou após cobrança de falta de João Pedro.

O segundo tempo começou no mesmo ritmo. Matheus Costa procurou dar mais coesão ao meio-campo, com a entrada de Zezinho. Mas, logo depois, o Brasil chegou ao gol. Rafinha entrou em velocidade pela direita e cruzou para a finalização de Rafinha: 1x0, aos 11 minutos. O Tricolor só ameaçou num chute de longe de Brock, que Pitol defendeu no susto. Porém, aos 25, o time gaúcho definiu a partida. No escanteio de Itaqui, Lincom cabeceou para a defesa de Richard. Na sobra, livre, Rafinha marcou 2x0.

O Paraná quase descontou aos 39 minutos. Após bate-rebate na área, a bola sobrou para Zezinho, que tocou no canto, mas Marcelo Pitol desviou e a bola ainda tocou na trave antes de sair. O Tricolor retorna nesta quarta-feira a Curitiba e na sexta-feira (10), faz mais um jogo decisivo, desta vez diante do Luverdense-MT, às 21h30, na Vila Capanema.

 

Brasil 2x0 Paraná Clube

Brasil: Marcelo Pitol; Éder Sciola, Leandro Camilo, Teco e Marlon; Leandro Leite, Itaqui e Rafinha; Marcinho, Lincom e Misael. Técnico: Clemer.

Paraná: Richard; Cristovam, Maidana, Eduardo Brock e Igor (Rayan); Vinícius Kiss, Gabriel Dias e Renatinho; João Pedro (Zezinho), Alemão (Vitor Feijão) e Robson. Técnico: Matheus Costa.

Local: Bento Freitas (Pelotas-RS)

Árbitro: Eduardo Tomaz de Aquino Valadão (GO)

Assistentes: Fabrício Vilarinho da Silva (GO) e Édson Antônio de Souza (GO)

Renda: R$ 56.140,00

Público pagante: 5.594

Público total: 9.414

Gols: Rafinha aos 11’ e aos 25’ do 2º tempo

Cartões amarelos: Marlon, Rafinha, Marcinho e Leandro Camilo (Brasil). Renatinho, Igor e Gabriel Dias (Paraná)

 

Departamento de Comunicação - PRC