Voltar a vencer

Paraná Clube precisa do resultado para seguir na briga por vaga nas semifinais
Luiz Otávio está confiante na evolução do time.
Foto: Geraldo Bubniak

O Paraná Clube entra em campo neste domingo (03) disposto a se manter vivo na briga por uma vaga nas semifinais da Taça Barcímio Sicupira Júnior, primeiro turno do Campeonato Paranaense. Para isso, terá que derrotar o rival Athletico, em seu primeiro clássico do ano. O jogo está programado para 17h, na Vila Capanema. Após rodar o elenco na rodada passada, o técnico Dado Cavalcanti promete força máxima.

“É um jogo especial. Independente de classificação, o clássico tem esse perfil. Então, temos que entrar focados para dar tudo dentro de campo”, disse o treinador paranista. “Algumas peças utilizadas na última partida foram bem e estão treinando bem. Então, é possível que ocorram algumas mudanças em relação àquela equipe base”, destacou Dado, dando ênfase na participação de jogadores como Guilherme Santos e Rodrigo Carioca.

Após dois empates sem gols, fora de casa, a cobrança maior fica sobre o setor ofensivo. Na temporada, em quatro jogos, o Paraná só balançou as redes diante do Foz (4x0). Nos outros três jogos, o ataque passou em branco. “É algo que estamos tentando corrigir. Temos tido bom volume, mas só isso não basta”, reconheceu o volante Luiz Otávio. Titular do meio-campo, o jogador acredita que o grupo está se moldando e evoluindo jogo a jogo. “Agora, chegamos uma fase de jogos decisivos. Não podemos mais errar. E é isso que a gente vai buscar diante do Athletico”, concluiu.

Histórico

O clássico desta tarde é o de número 98 entre os clubes. A vantagem é do Athletico, com 40 vitórias contra 27 do Paraná Clube. Ocorreram ainda 30 empates entre os clubes. O Rubro-Negro também está à frente na artilharia: são 130 gols, contra 97 do Tricolor.

Apito

O clássico terá a arbitragem de Rodolpho Toski Marques. Ele será assistido por Ivan Carlos Bohn e João Fábio Machado Brischiliari. O quarto árbitro será Eduardo Elias Melek, com o delegado Edivanio Lopes de Souza Kirchner.

 

Departamento de Comunicação - PRC