Sem gols

Text Resize

-A +A
Na Vila, Paraná Clube esbarra na defesa do Paysandu
Daniel Morais e Minho tiveram poucas chances.
Robson Mafra

O Paraná Clube não conseguiu emplacar a segunda vitória no Campeonato Brasileiro da Série B. Diante de um adversário bom postado na defesa, o Tricolor ficou no 0x0 com o Paysandu, nesta sexta-feira, na Vila Capanema. O técnico Cristian de Souza preferiu valorizar o ponto somado, reconhecendo o grande equilíbrio de forças que cerca esta Série B. “Faz parte. Hoje, erramos mais passes, não conseguimos criar tanto como no jogo passado. Mas são situações normais nesta competição”, analisou.

Os extremas Guilherme Biteco e Minho tiveram pouco espaço para jogar e, para piorar, o Paraná exagerou nas ligações diretas. Mesmo assim, o atacante Daniel Morais, novidade na equipe, teve duas oportunidades. Aos 29 minutos, Vilela cruzou e o camisa 9 camisa 9 cabeceou longe do gol. Cinco minutos depois, quando Minho se livrou da marcação e rolou para Daniel Morais, ele girou batendo e só não fez o gol porque Marcos Milanezi salvou com a ponta dos dedos.

No segundo tempo, aproveitando um raro descuido da marcação tricolor, Welinton Júnior perdeu o gol. Pouco depois, Léo fez grande defesa no cabeceio de Wesley. Cristian de Souza, então, procurou dar mais força ofensiva ao time com a entrada de Robson. Em poucos minutos, ele buscou dois arremates, mas a zaga conseguiu cortar. A melhor chance de gol saiu dos pés de Leandro Vilela. Ele recebeu na área e bateu cruzado, mas Marcos espalmou. No final, quando Felipe Alves cruzou, Daniel Morais chegou atrasado e o jogo ficou mesmo no zero a zero.

 

Paraná Clube 0x0 Paysandu

Paraná: Léo; Cristovam, Wallace (Igor), Eduardo Brock e Rayan; Jhony (Felipe Alves), Leandro Vilela, Guilherme Biteco (Robson) e Renatinho; Minho e Daniel Morais. Técnico: Cristian de Souza.

Paysandu: Marcos Milanezi; Ayrton, Perema, Gilvan e Peri; Rodrigo Andrade (Hayner), Wesley, Augusto Recife e Fernando Gabriel (Ricardo Capanema); Welinton Júnior (Tiago Mandi) e Marcão. Técnico: Marcelo Chamusca.

Local: Durival Britto (Curitiba-PR)

Árbitro: Gilberto Rodrigues Castro Júnior (PE)

Assistentes: Francisco Chaves Bezerra Júnior (PE) e Bruno César Chaves Vieira (PE)

Renda: R$ 51.425,00

Público pagante: 2.790

Público total: 3.296

Cartões amarelos: Rayan e Minho (Paraná). Ayrton, Gilvan e Welinton Júnior (Paysandu)

 

Departamento de Comunicação - PRC