No sufoco

Vitória veio nos acréscimos, com Lúcio Flávio
Lúcio Flávio arranca para fazer o gol da vitória
Joka Madruga

Com um gol de Lúcio Flávio, nos acréscimos, o Paraná Clube deu um bico na má fase e voltou a vencer no Campeonato Brasileiro da Série B. O 1x0 sofrido diante do Sampaio Corrêa-MA, nesta terça-feira, na Vila Capanema, encerrou o jejum de sete jogos sem vitórias e ampliou a vantagem para a área de risco da competição. Um resultado muito festejado e creditado à força do grupo, que precisou de atletas do banco de reservas para “resolver” a partida.

Apesar da chuva intermitente que caiu sobre Curitiba durante todo o dia, a torcida esteve presente e, ocupando a Reta do Relógio, apoiou o time do início ao fim. “Essa energia nos contagiou. Talvez se eles tivessem desistido, não teríamos força para chegar a essa vitória”, disse o artilheiro Lúcio Flávio, emocionado com o gol. “Vencer era fundamental e eu precisava deste gol. Isso traz a confiança de volta e abre caminho para uma arrancada”, cravou o jogador.

O Paraná iniciou a partida tentando pressionar o Sampaio. Logo aos 10 minutos, num cruzamento de Henrique Gelain, Karanga tentou, mas a zaga cortou. Aos 21, foi a vez de Robson arriscar de longe e a bola passou rente ao travessão. Nesse momento, começou a aparecer o futebol de Diego Tavares. No cruzamento do lateral, aos 24, Karanga chegou atrasado. Logo depois, em nova jogada de Diego, Karaga bateu e o goleiro Rodrigo Ramos fez uma defesa sensacional.

Só que aos poucos o Tricolor passou de explorar as laterais e exagerou nas ligações diretas. Uma situação destacada por Martelotte no intervalo. O treinador trocou Claudevan por Lucas Otávio e o time voltou distribuindo melhor as jogadas. Diego Tavares, aos 8 minutos, fez o goleiro trabalhar. Em meio às mudanças, o Paraná era sempre mais presente, mas sem conseguir balançar as redes. Aos 38, Nadson puxou o contragolpe e rolou para Lucas Otávio. O volante tentou duas vezes e a bola se ofereceu para Lúcio Flávio, que bateu sobre o travessão.

Sem desistir, o Paraná foi premiado aos 46 minutos. Lúcio Flávio deixou o zagueiro do Sampaio ajoelhado, avançou e bateu cruzado para vencer o goleiro Rodrigo Ramos. A bola ainda tocou na trave e entrou. Fim do sufoco e o Paraná voltou a vencer: 1x0. O próximo jogo do Tricolor será no sábado (3 de setembro), frente ao Oeste, em Osasco.

 

Ficha Técnica

Paraná Clube 1x0 Sampaio Corrêa

Paraná: Marcos; Diego Tavares, Alisson Brand, João Paulo e Henrique Gelain; Leandro Silva, Claudevan (Lucas Otávio), Cristian (Nadson) e Guilherme Queiroz (Lúcio Flávio); Robson e Fernando Karanga. Técnico: Marcelo Martelotte.

Sampaio Corrêa: Rodrigo Ramos; Éder Scioli, Luís Otávio, Wagner e Heverton; Diogo Orlando, Tássio (Diego Lorenzi), Rayllan e Enercino (Guilherme Lucena); Pimentinha e Elias (Jean Carlos). Técnico: Flávio Araújo.

Local: Durival Britto (Curitiba-PR)

Árbitro: Cleisson Veloso Pereira (MG)

Assistentes: Breno Rodrigues (MG) e Felipe Alan Costa de Oliveira (MG)

Renda: R$ 22.015,00

Público pagante: 1.648

Público total: 2.423

Cartões amarelos: Alisson Brand e Cristian (Paraná). Heverton (Sampaio)

Expulsão: Luís Otávio (Sampaio)

 

Departamento de Comunicação - PRC