No detalhe

Em jogo equilibrado, vacilo na bola parada determina derrota na estreia
Cueva foi bem vigiado pela marcação paranista.
Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net

No seu retorno à Série A do Campeonato Brasileiro, o Paraná Clube perdeu por 1x0 para o São Paulo, no Morumbi. Um jogo com etapas distintas. Na etapa final, o time de Rogério Micale foi mais incisivo e poderia até ter saído com um empate. “Fico frustrado com o resultado, mas não com a atuação do time. Não é fácil jogar no Morumbi, diante de uma equipe como o São Paulo. Mas, creio que merecíamos melhor sorte”, disse o treinador paranista, que lançou mão de quatro dos reforços contratados para a competição.

O zagueiro Jesiel, o meia Caio Henrique e o atacante Silvinho iniciaram a partida. Léo Itaperuna entrou no segundo tempo. “São bons valores e que ainda estão buscando entrosamento. Vamos melhorar com a sequência de jogos”, destacou Micale. O Paraná começou cadenciando a partida e tentando evitar uma pressão do São Paulo. O Tricolor do Morumbi buscava a chegada pelos lados, mas as finalizações de Cueva e Lucas Fernandes pararam nas mãos de Richard.

Aos 37, porém, a marcação paranista falhou. Na cobrança de falta de Cueva, o zagueiro Bruno Alves apareceu livre para conferir: 1x0. O gol obrigava o Paraná avançar. E foi isso que Micale fez no segundo tempo. Logo aos 3 minutos, Silvinho fez a jogada pela esquerda e bateu cruzado para a defesa de Sidão. Léo Itaperuna e Thiago Santos entraram no time e o Paraná partiu em busca do empate. Porém, as investidas de Thiago Santos e Carlos Eduardo não foram suficientes. O São Paulo deixou o tempo passar, pouco explorou as oportunidades de contra-ataque e valorizou a vitória magra, no Morumbi.

 

São Paulo 1x0 Paraná Clube

São Paulo: Sidão; Éder Militão, Bruno Alves, Rodrigo Caio e Régis; Jucilei, Hudson e Cueva (Nenê); Marcos Guilherme, Brenner (Júnior Tavares) e Lucas Fernandes (Valdívia). Técnico: Diego Aguirre.

Paraná: Richard; Alemão, Jesiel, Rayan e Mansur (Marcelo Baez); Leandro Vilela (Thiago Santos), Wesley Dias e Caio Henrique; Diego (Léo Itaperuna), Carlos Eduardo e Silvinho. Técnico: Rogério Micale.

Local: Morumbi (São Paulo-SP)

Árbitro: Bráulio da Silva Machado (SC)

Assistentes: Kleber Lúcio Gil (SC) e Henrique Neu  Ribeiro (SC)

Adicionais: Evandro Tiago Bender (SC) e Édson da Silva (SC)

Renda: 338.295,00

Público total: 11.327

Gol: Bruno Alves aos 37’ do 1º tempo

Cartões amarelos: Régis, Júnior Tavares, Sidão e Éder Militão (São Paulo). Leandro Vilela e Thiago Santos (Paraná)

 

Departamento de Comunicação - PRC