No "apito"

Text Resize

-A +A
Pênalti inexistente tira vice-liderança do Paraná Clube
Árbitro "viu" pênalti de Richard em Luan.
Mourão Panda/América-MG

Um pênalti inexistente tirou do Paraná Clube a vice-liderança do Campeonato Brasileiro da Série B. O Tricolor impôs a sua forte marcação, deu poucas chances ao América Mineiro, mas ficou no empate por 1x1 neste sábado (21), no estádio Independência, em Belo Horizonte. Com o resultado, o time do técnico Matheus Costa segue na 4ª colocação, dois pontos à frente do Vila Nova-GO.

Sem contar com três titulares, Matheus Costa apostou na manutenção da mesma estrutura tática, escalando Júnior, Vitor Feijão e Rafhael Lucas nas vagas dos suspensos Cristovam, Renatinho e Alemão. Logo aos 3 minutos, o Paraná chegou forte ao ataque. No cruzamento de Júnior, Rafhael Lucas bateu de primeira e o goleiro João Ricardo mandou pela linha de fundo.

Firme na defesa, o Tricolor chegou ao gol aos 28 minutos. Em jogada individual, Feijão passou por Pará e foi derrubado na área. Pênalti, que João Pedro cobrou com precisão: 1x0. Com a vantagem, o Paraná compactou ainda mais suas linhas de marcação e o América passou a viver de chutes de longa distância, mas sem levar perigo à meta de Richard.

Para piorar o cenário, o Paraná perdeu João Pedro, lesionado. Matheus Costa colocou Murilo Rangel no meio-de-campo. No começo do segundo tempo, Feijão cruzou, mas Messias tirou antes da chegada de Rafhael Lucas. O Coelho seguia arriscando de fora da área, em chutes de Ruy. Mas, aos 23 minutos, veio o lance que decidiu a partida. Luan caiu na área e o árbitro marcou pênalti no atacante do time mineiro.

Bill cobrou no canto direito e empatou o jogo. O Paraná até ameaçou a meta mineira, mas Feijão estava impedido no cruzamento de Robson. O Tricolor, agora, volta a campo na terça-feira, no alçapão da Vila Capanema, para mais uma decisão. O jogo será contra o Vila Nova – às 21h30 – e uma vitória coloca o Paraná bem próximo do seu objetivo. “Uma grande final”, nas palavras de Matheus Costa, visivelmente frustrado com o empate, em mais um erro da arbitragem.

 

América-MG 1x1 Paraná Clube

América: João Ricardo; Norberto, Rafael Lima, Messias e Pará (Neto Moura); Ernandes, Juninho, Ruy e Matheusinho (Renan Oliveira); Luan e Bill (Edno). Técnico: Enderson Moreira.

Paraná: Richard; Júnior, Maidana, Eduardo Brock e Igor; Vinicius Kiss (Jhony), Gabriel Dias, Vitor Feijão e João Pedro (Murilo Rangel); Robson (Felipe Alves) e Rafhael Lucas. Técnico: Matheus Costa.

Local: Independência (Belo Horizonte-MG)

Árbitro: Grazianni Maciel Rocha (RJ)

Assistentes: Dibert Pedrosa Moisés (RJ) e Thiago Rosa de Oliveira (RJ)

Renda: R$ 19.466,00

Público pagante: 6.697

Gols: João Pedro (pênalti) aos 28’ do 1º tempo. Bill (pênalti) aos 23’ do 2º tempo

Cartões amarelos: Bill e Pará (América). Robson (Paraná)

 

Departamento de Comunicação - PRC