Flu goleia

Paraná Clube não reage e Fluminense faz 4x0, no Maracanã, pelo Brasileirão
Zaga paranista teve problemas diante do tricolor carioca.
Foto: Fluminense

O Paraná Clube jogou mal e acabou goleado pelo Fluminense-RJ, na noite desta segunda-feira (08), no Maracanã. Diante de um público pequeno, o Tricolor mais uma vez não soube reagir após sair atrás no marcador e sofreu a sua segunda derrota por 4x0 na competição. Mesmo placar havia ocorrido somente na segunda rodada, quando sofreu revés igual, mas em casa, diante do Corinthians-SP.

O jogo começou com o Paraná incisivo no ataque. Na primeira pontada, a 1 minutos, o cruzamento da direita não encontrou desvio para as redes. Na segunda trave, Juninho cometeu falta no zagueiro do Fluminense. O time carioca até mostrou domínio territorial, mas o Tricolor paranaense tinha espaço para os contragolpes, principalmente pela esquerda, com Mansur e Juninho. O cenário mudou, porém, aos 35 minutos.

Após um bate-rebate na área, a bola sobrou para Jadson, que bateu cruzado, no canto esquerdo de Richard: 1x0. Nisso, o Paraná perdeu Torito, lesionado, e Claudinei Oliveira colocou o garoto Jhony no seu lugar. Mas, aos 41, o Flu ampliou, num lance de sorte. O volante Richard bateu de longe, a bola desviou em Renê Santos e “matou” o goleiro paranista: 2x0. Nos acréscimos, Richard ainda impediu o pior defendendo cabeceios à queima-roupa de Luciano e Digão.

No segundo tempo, logo aos 2 minutos, o Fluminense anulou qualquer chance de reação do Paraná. No cruzamento da direita, Jadson bateu no canto esquerdo: 3x0. Os técnicos mexeram nas equipes e Richard seguiu como principal destaque do Paraná. Só que aos 40 minutos não teve como evitar mais um gol. Luciano recebeu na área, dominou e girou no canto: 4x0. O Paraná, agora, volta a jogar no sábado, diante do Bahia, em Salvador.

 

Fluminense 4x0 Paraná Clube

Fluminense: Júlio César, Léo, Ibañez (Paulo Ricardo), Gum e Ayrton Lucas; Digão, Richard e Jadson; Marcos Jr (Daniel), Everaldo (Marcos Calazans) e Luciano. Técnico: Marcelo Oliveira.

Paraná: Richard; Leandro Vilela, Renê Santos, Jesiel e Mansur; Torito González (Jhony), Alex Santana e Silvinho; Deivid (Andrey), Ortigoza e Juninho (Caio Henrique). Técnico: Claudinei Oliveira.

Local: Maracanã (Rio de Janeiro-RJ)

Árbitro: Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza (SP)

Assistentes: Anderson José de Moraes Coelho (SP) e Bruno Salgado Rizo (SP)

Renda: R$ 128.405,00

Público pagante: 6.223

Público total: 6.715

Gols: Jadson aos 35’ e Richard aos 41’ do 1º tempo. Jadson aos 2’ e Luciano aos 40’ do 2º tempo

Cartões amarelos: Mansur e Jhony (Paraná)

 

Departamento de Comunicação - PRC